Fundado em 2007, o nosso atelier começou com a escolha de uma casa. Começamos pelo princípio, pela vontade de habitar a cidade. Não de um modo exclusivamente utilitário, habitando na cidade, mas a partir de uma ambição de conforto que acreditamos a cidade pode oferecer. Escolhemos o lugar, a rua, a vista do vale, o programa e o risco da incumbência da totalidade do processo. A prática da arquitectura comporta estas decisões, tomadas a partir da convicção de que acções de pequena dimensão, rigorosas e pertinentes, se amplificam naturalmente.

É este o tempo e a circunstância. Escutar é o exercício da nossa profissão.

 

Founded in 2007 our architecture studio started with the selection of a house. We have start from the beginning: the desire to inhabit the city. Not in a merely utilitarian way, inhabiting in the city, but seeking an ambition of comfort that we believe the city can offer. We have chosen the place, the street, the valley, the view, the program and the risk of the incumbency of the entire process. The practice of architecture involves these decisions, taken with the conviction that small actions, accurate and relevant, naturally amplify.

This is the time and circumstance. Listening is the exercise of our profession.