A casa surpreende pela generosidade da escala dos compartimentos e pela relação com as duas frentes de luz. A orientação nascente/poente e a dimensão dos vãos permitem absorver a luz ao longo do dia. A área das divisões é generosa e os tectos altos ajudam na leitura desta escala. Os vãos a nascente gozam da relação com a Praça, a copa das suas árvores e a luz do rio como fundo. A tardoz, o logradouro é um espaço mais privado. Procurámos entender os valores da casa original, propondo a subtracção dos elementos agora construídos que não concordem com esta estrutura. Repensámos a organização funcional, considerando as diferenças entre a vivência original e contemporânea.Clarificou-se a volumetria dos espaços e os eixos de ligação entre as duas frentes de luz, procurando retomar a espacialidade única que originalmente existiria e com isso conduzir a luz natural até ao seu núcleo central que se pretende habitado. Todo o interior será aberto, ligado por vãos alinhados, de forma a ser utilizado visualmente em toda a sua extensão e recuperar a unidade que a escala desta casa reclama.

The house surprises by its generous scale and the relationship with the two fronts of light. The size of the windows and east/west orientation allows to absorb the light through the day. The area of he divisions is generous and high ceilings helps to read its scale. At east, the windows allow a plain relationship with the square with the canopy of the trees and the light of the river as background. The opposite facade, the building’s courtyard promotes a more private space. We sought to understand the values f the original house, proposing the removal of all the new elements that didn’t relate with this structure. We rethought the functional organization, considering the differences between the original and contemporary experience. Clarified up the volumes of the spaces and the connecting axes between the two fronts of light, looking only resume spatiality that originally exist and thus lead to daylight until its inhabited core.